Pão orgânico - Rancho Orgânico

Pão orgânico

O pão, que faz parte da alimentação diária da maioria das pessoas, surgiu há cerca de seis mil anos. Hoje, ele ocupa várias formas e sabores, servindo como base para diversos tipos de refeição. Grande parte de sua fama vem da praticidade e sabor, já o segredo de um bom pão, dos ingredientes utilizados e da sua fermentação.

Atualmente o pão orgânico e de fermentação natural tem ganhado cada vez mais espaço. Todos os ingredientes de um pão orgânico são cultivados naturalmente, sendo, portanto, livres de agrotóxicos ou qualquer produto que possa causar danos à saúde.

O que é fermentação natural?

O fermento natural é conhecido por diversos nomes: levain (fermento em francês, se pronuncia “levãn”), sourdough starter (inglês), lievito naturale ou pasta madre (italiano), masa madre (espanhol), massa lêveda (Portugal) ou massa azeda. Um pão com esse fermento leva mais tempo para ser feito, possui um aspecto rústico, uma casca crocante, um miolo cheio de alvéolos irregulares e um sabor levemente azedo e incomparável.

A fermentação natural está longe de ser uma novidade, é um processo utilizado desde a produção dos primeiros pães. O registro mais antigo é de 3.700 AC, mas sua origem provavelmente está relacionada com o início da agricultura. Foi somente nos últimos 150 anos que o fermento industrializado foi desenvolvido e logo passou a ser amplamente empregado na produção de pães.

O que faz o pão crescer e ficar cheio de bolhinhas no miolo é a ação de micro-organismos que chamamos de levedura. Existem vários tipos de levedura diferentes, sendo que elas também são usadas para fazer cerveja, iogurte, queijos e até azeitona, por exemplo. Basicamente, o que a levedura faz é digerir os açúcares que aparecem quando misturamos o amido da farinha com o oxigênio da água. Assim, na fabricação do pão, esses micro-organismos consomem açúcar e liberam álcool e gás carbônico.

O álcool, nesse caso, evapora quando a massa vai ao forno, apesar de ainda deixar um gostinho e aroma característico, que é o que dá o nome do pão produzido com fermentação natural em inglês (sourdough) e alemão (Sauerteig), por exemplo, ou seja: massa azeda. Já o gás carbônico liberado pela levedura fica preso na massa, fazendo-a crescer e formando os alvéolos típicos do miolo de um bom pão.

Outro diferencial é a qualidade da fermentação: um pão fermentado adequadamente, proporciona melhor bem-estar físico, é melhor digerido e a ação do glúten no organismo tem efeito reduzido. Para a saúde, o consumo de pães orgânicos é benéfico porque tem maior teor de nutrientes.

A fermentação natural é muito mais lenta e pode levar até cerca de 18 a 24 horas.

 

Benefícios do pão orgânico de fermentação natural:

Seu sabor é incomparável ao do pão tradicional;
Possui um índice glicêmico mais baixo do que outros pães;
Sua digestão é mais fácil, até mesmo para aqueles que são sensíveis ao glúten, devido a sua fermentação mais lenta;
Pode ser armazenado por mais tempo, pois o ácido acético que inibe o crescimento de bolor é produzido na fabricação de fermento;
Aumenta o teor de bactérias benéficas no intestino;
Possui uma série de nutrientes devido a complexidade de sua composição.

 

Rancho Orgânico, desde 1998 oferecendo alimentos que preservam a nossa natureza orgânica!

Endereço

Rua Santa Cruz, 557 - Bairro Alto - Piracicaba

Telefone

(19) 2532-0828

(19) 3432-7703

(19) 99670-7703

Email

contato@ranchoorganico.com.br